Pastor morre 3 dias após ter AVC na igreja enquanto cantava “não deixe um soldado ferido morrer”

Pastor Geter passou mal durante culto.

Geter da Silva, de 48 anos, cantava “não deixe um soldado ferido morrer” no instante em que passou mal. Logo após a frase, ele caiu e precisou ser amparado por fiéis.

Pastor morre 3 dias após ter AVC na igreja enquanto cantava “não deixe um soldado ferido morrer”

Um pastor morreu na última quarta-feira (20), no Espírito Santo, três dias depois de sofrer um AVC durante culto que protagonizava em Cachoeiro do Itapemirim.

Geter da Silva, de 48 anos, cantava “não deixe um soldado ferido morrer” no instante em que passou mal. Logo após a frase, ele caiu e precisou ser amparado por fiéis que acompanhavam a cerimônia.

Geter da Silva passou mal durante culto em Cachoeiro do Itapemirim, ele foi encaminhado a um hospital da região, diante da piora no quadro, o pastor precisou ser transferido para Vitória, onde morreu.

O pastor foi levado às pressas para a Santa Casa de Misericórdia da cidade, mas, diante da piora em seu quadro, foi transferido para Vitória, onde teve o óbito anunciado.

Pastor trabalhava na prefeitura

Além de pastor, Geter trabalhava na prefeitura de Cachoeiro do Itapemirim e vendia picolés no centro da cidade.

O corpo dele seria velado no bairro Coronel Borges, no município.

Veja também

O cantora gospel Amanda Wanessa recebe alta hospitalar

O cantora gospel Amanda Wanessa recebe alta hospitalar em Recife 642 dias após acidente de carro

Amanda Wanessa recebe alta hospitalar em Recife 642 dias após acidente de carro. O cantor …

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.